Com a proposta de discutir temas relacionados a história da arte sacra em Teresina, o Museu de Arte Sacra Dom Paulo Libório promove a “Conversa Sacra”, dia 23 de março. A roda de conversa tem início às 09h, com entrada gratuita.

A ideia é partir do ponto de vista historiográfico, antropológico e cultural. De acordo com o gerente de promoção cultural da Fundação Monsenhor Chaves, Paulo Dantas, a atividade irá acontecer mensalmente. “Nosso objetivo é explorar mais o museu e a história sacra, levando a todas gerações as melhores informações e discussões. Por isso, a proposta de atividade vai acontecer mensalmente”, afirma.

Este primeiro encontro, será mediado pelo pesquisador de história e literatura piauiense Igo Rafael. Com a proposta de debater o tema “Uma visão histórica da Igreja de São Benedito”, a conversa passa pelos subtemas da ereção da irmandade dos escravos, a chegada de Frei Serafim e o início da construção do templo dedicado a São Benedito,e mais.

A atividade envolve pesquisadores, professores, alunos e toda a sociedade de forma geral.

Museu Dom Paulo Libório

Há seis anos presenteando a população local e visitantes, o museu é um importante espaço cultural teresinense. O espaço surgiu da junção de alguns pertences da Arquidiocese da cidade e de doações feitas por colecionadores da comunidade.

Inaugurado em 15 de agosto de 2011, o local foi a última moradia de Dom Paulo Libório, primeiro arcebispo da cidade. Grande parte das peças expostas era de Dom Paulo, assim como os dois mil livros disponíveis na biblioteca do museu.

O acervo do museu é composto por aproximadamente 2.000 peças dos séculos XVII a XX.  São imagens sacras, alfaias, oratórios, paramentos e mobiliário. A casa está localizada na Rua Olavo Bilac, 1481 e funciona de segunda a sexta-feira, das 09h às 17h.

Ainda não há comentários.

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com (*).