O concurso Canção para Teresina surgiu como uma forma de parabenizar a cidade pelos seus 167 anos, exaltando toda a beleza e singularidade da capital através de letras e versos musicados. Com mais de 30 inscrições, foram selecionadas 10 músicas para uma votação popular que ocorreu por meio de curtidas na rede social Instagram e, em uma disputa acirrada, o público definiu o grande vencedor.

 

Promovido pela Prefeitura de Teresina, por meio da Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves (FMC), o concurso “Canção Para Teresina 167 Anos” tem como  objetivo estimular e valorizar os talentos musicais da cidade sendo eles profissionais ou amadores, como conta Paulo Dantas, gerente de promoção cultural da FMC: “É um concurso para exaltar a nossa cidade, falar da nossas particularidades, as nossas belezas, além de exaltar o talento dos nossos artistas

 

Os vídeos inscritos foram os mais diversos. Com gravações solos ou acompanhadas de instrumentos, muitos artistas desenvolveram letras que evidenciam as belezas naturais, os pontos turísticos e o acolhimento do povo teresinense.

 

Os competidores foram avaliados através da criatividade melódica, poética e competência gramatical para a seleção da melhor representação. Durante quatro dias, período disponível para visualizações, curtidas e comentários no Instagram, o público pode decidir qual canção melhor retratava Teresina e por isso merecia levar o prêmio.

 

Com diversas campanhas criadas por fã-clubes dos participantes, a disputa por curtidas foi bastante concorrida, mas, ao fim, o público elegeu o canção de Mateus Carvalho (@mateus_carvs) como a melhor, com mais de 6,5 mil curtidas. Além do troféu simbólico, Mateus também leva o prêmio no valor de R$ 5mil. Confira abaixo um trecho da letra:

 

“Ver o sol cobrir você

em teus rios poder entrar

nesta força que me anima

em meu peito a desaguar

Teresina, pequena flor

Teresina, só tu és o meu amor”

 

 

Link na íntegra da canção vencedora:

https://www.instagram.com/tv/B1jeFZDjTKm/?igshid=1rmir34pp1c6z

 

Ainda não há comentários.

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com (*).