Quem nunca escutou aquele ditado “quem canta seus males espanta”? Com certeza, todo mundo. Trazendo esse dito para a dança, sem dúvida, há uma relação bem semelhante, já que dançar cativa, revigora e diverte e é essa a intenção do projeto Teresina em Dança. Nesta sexta feira (19), acontece mais uma noite do projeto que tem como grande atração o Cordão Grupo de Dança, às 19h30, no Teatro Municipal João Paulo II.
O Teresina em Dança é uma realização da Prefeitura de Teresina, através da Fundação de Cultura Municipal Monsenhor Chaves, e foi criado visando atender ao cenário cultural local. Um dos principais objetivos do projeto é incentivar as produções cênicas no segmento da dança na capital que, a cada ano, surpreende a todos descobrindo vários talentos. “Por mais uma edição, acreditamos que o projeto já está inserido no calendário cultural teresinense, e ajuda a fomentar o segmento da dança na cidade”, afirma o coordenador de dança da FMC Casius Clay.
Dança é arte, é vida. Dessa forma, o Cordão apresentará o espetáculo “Corpo~Cordão”, criado a partir da dissertação de mestrado, intitulada “Corpo~Cordão – cartografias de jovens dançantes em Teresina – PI”, do professor de Educação Física e idealizador de projetos artísticos Roberto Freitas.
Criado em 2005, por meio do projeto Arte~Educação, o Cordão Grupo de Dança é formado por alunos e ex-alunos da Escola Municipal João Porfírio de Lima Cordão. Coordenado pelo Professor Mestre Roberto Freitas, o grupo é apoiado pela ACORDA – Associação dos Amigos do Cordão Grupo de Dança, Secretaria Municipal de Educação – SEMEC e Studio de Pilates Daniela Costa.
Neste ano, o coletivo completa o seu 14° aniversário e, ao longo da sua história, já foi assistido por mais de um milhão de pessoas em eventos de nível internacional. O Cordão leva em sua bagagem dezenas de prêmios. Somente em 2017, participando do 20º Festival de Dança de Teresina, conquistou sete prêmios, além do de melhor coreógrafo para Roberto Freitas.

Ainda não há comentários.

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com (*).